Uma das melhores ferramentas para criação do artista é o caderno de rabiscos. Mais conhecidos como sketchbook, tem a intenção de estar sempre ao lado dos “criativos” para quando a inspiração surgir. É nele que costumam aparecer as primeiras ideias, os primeiros esboços de algo que poderá vir a ser muito maior.

O interessante é que esses tipos de cadernos não são somente uma tendência da atualidade, tão colecionados por designers e amados por ilustradores hipsters. Eles aparecem ao longo da história como uma importante ferramenta do processo criativo, usada por algumas das figuras mais notáveis do mundo da arte, como Leonardo DaVinci, por exemplo. Em seus cadernos foram encontrados não somente estudos de suas famosas pinturas, mas também detalhes para construção de engenhocas que se parecem com coisas inventadas séculos depois, como máquinas voadoras.

Páginas dos cadernos de Leonardo DaVinci
Páginas dos cadernos de Leonardo DaVinci

Mas nem só de arte vivem essas páginas rabiscadas. Estilistas, designers, arquitetos, ilustradores, cartunistas, grafiteiros, tipógrafos, músicos, dentre outros, usam os cadernos para esboçar o início de suas criações ou elaborar e desenvolver conceitos em suas páginas. Os primeiros croquis de um desfile de moda ou os versos iniciais de uma música podem começar a surgir despretensiosamente por ali.

Uma outra característica própria desses cadernos é a falta de regras, ou seja, tudo é permitido. Desde os simples rabiscos em grafite até colagens de imagens incomuns encontradas em livros, revistas ou na rua. Posters, tecidos estampados, amostras de tramas diferentes e pinceladas iniciais acabam fazendo parte dessa mistura. Muitos escritores, por exemplo, costumam escrever frases e pensamentos soltos, pois sabem que mais pra frente aquilo pode gerar coisas muito boas.

[O mais interessante é que no fim, as páginas acabam retratando a personalidade do dono, suas ideias, sentimentos, anseios e pensamentos. Muitas vezes terminam por representar várias fases da vida do artista.]

Veja este exemplo. Dá pra sentir a atmosfera fantasiosa e sombria dos filmes de Guillermo Del Toro só de olhar para essas páginas aqui embaixo, o que prova que todo tipo de criativo precisa ter onde jogar suas ideias.

Páginas do Sketchbook de Guillermo Del Toro

Sketchbook de Guillermo Del Toro
Páginas de Guillermo Del Toro

 

Desenhos de Frida Kahlo
Páginas do Sketchbook de Frida Kahlo

 

Sketchbook de William Morris
Sketchbook de William Morris – designer têxtil, poeta, romancista, tradutor e ativista inglês, associado com o movimento artístico britânico Arts & crafts.

 

Páginas do Sketchbook de Matisse
Páginas do Sketchbook de Matisse

O caderno do ilustrador Jason Brooks é cheio de organização, ele chega a encaixar suas criações dentro de pequenos frames. É interessante como conseguimos perceber esse traço de personalidade nas suas ilustrações finais, tão geométricas e organizadas.

Sketchbook do ilustrador Jason Brooks

A turma do lettering e tipografia não deixa por menos. A artista Eugenia Clara tem ótimos exemplos de uso dos cadernos nas suas criações. Com belas frases é por ali que ela começa, aproveitando para postar belas imagens nas redes sociais.

Sketchbooks para se inspira, Eugenia Clara
Sketchbooks com letterings de Eugenia Clara

Ronaldo Fraga, estilista e cenógrafo supercriativo também demonstra isso nos seus esboços, é conceito puro nessas páginas.

Páginas do sketchbook do estilista RonaldoFraga

Páginas do sketchbook do estilista RonaldoFraga
Páginas do sketchbook do estilista RonaldoFraga

Se inspirou e ainda não tem seu próprio caderno? Mesmo que você não seja o expert do desenho, da pintura ou da moda, ele vai te servir de alguma forma. Tudo que vem à sua mente e que vale a pena guardar pode ser colocado nele.

Então não perde tempo e corre pra garantir o seu. Na nossa loja tem caderninhos pra todos os estilos, que se encaixam pra todo tipo de artista ou pensador, pautados ou lisos. Clique aqui e escolha o seu!

Você também pode continuar se inspirando com a seleção que fizemos pro nosso board do Pinterest, chamado Rabisco Solto, tem muita coisa boa por lá!

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *